LOCALIZAR

TRANSLATE

Oswald Chambers

BIOGRAFIA CRISTÃ Nº 74: Oswald Chambers (1874-1917) foi um escocês Bacharel em Artes; Bacharel em Arqueologia; Professor; Escritor; Capelão Militar; Evangelista; Pastor Batista; e Líder no Movimento Holiness.
"Eu [Jesus] Sou a videira, e vocês são os ramos. Quem está unido Comigo e Eu com ele, esse dá muito fruto porque sem Mim vocês não podem fazer nada." (João 15:5, NTLH, SBB).
"Ora, vocês são o Corpo de Cristo, e cada um de vocês, individualmente, é membro desse corpo. Assim, na igreja, Deus estabeleceu primeiramente apóstolos; em segundo lugar, profetas; em terceiro lugar, mestres; depois os que realizam milagres, os que têm dons de curar, os que têm dom de prestar ajuda, os que têm dons de administração e os que falam diversas línguas. São todos apóstolos? São todos profetas? São todos mestres? Têm todos dons de curar? Falam todos em línguas? Todos interpretam? / Entretanto, busquem com dedicação os melhores dons. Passo agora a mostrar-lhes um caminho ainda mais excelente." (1ª Coríntios 12:27-31, NVI, SBI).
"Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor." (1ª Coríntios 13:13, VRA, SBB).

Oswald Chambers
Oswald Chambers.
(1874-1917)
Oswald Chambers nasceu em Aberdeen, na Escócia, atualmente importante cidade porto e industrial.

Os seus pais eram cristãos e exerceram significativa influência em sua vida, principalmente no serviço e na causa do Reino, considerando que seu pai participou de algumas missões evangélicas.

Durante a juventude, Oswald estudou em Londres na Escola Nacional de Formação em Artes (Royal College of Art), posteriormente continuou os estudos na Universidade de Edimburgo, alcançando o bacharelado em Artes e Arqueologia, todavia, os impulsos e encargos da vida cristã o conduziram para os estudos de Teologia no Dunoon College.

Providencialmente, durante a jornada em busca da Verdade, contatou o Sr. Richard Leitor Harris (1847-1909), advogado, membro sênior da Ordem de Advogados (Inns of Court), conselheiro do Rei, ministro Metodista e fundador da Liga Pentecostal de Oração, União Interdenominacional de Cristãos, o que possibilitou a introdução de Oswald Chambers nos trabalhos da Liga.

Juji Nakada
Juji Nakada.
(1870-1939)
A Liga de Oração também permitiu conhecer Juji Nakada (1870-1939), conhecido como D.L. Moody do Japão, o primeiro líder do Movimento Holiness no Japão e um dos co-fundadores da Sociedade Missionária Oriental.

Chambers visitou o Japão e trouxe consigo Nakada para ministrar pregações no Reino Unido, posteriormente viajaram para os Estados Unidos. Quando Oswald retornou para a Grã-Bretanha, iniciou os trabalhos do Movimento Holiness.

No final do século XIX e início do século XX, surgiram algumas sementes do Pentecostalismo Clássico. Naquele contexto, Oswald Chambers não criticou o "Falar em Línguas", mas apreciava com cautela e sobriedade, inclusive criticava aqueles que faziam teste do Batismo do Espírito Santo.

OSWALD CHAMBERS
Oswald Chambers.
(1874-1917)
Quando iniciou a Grande Guerra Mundial (1914-1918), suspendeu os trabalhos da Escola de Formação da Bíblia (Training Bible College) que fundara e dirigira.

Chambers foi admitido como Capelão Militar e encaminhado para o Cairo no Egito, onde apascentou as tropas Australianas e da Nova Zelândia.

Os superiores acreditavam que o tom rigoroso e extremamente devoto de Oswald Chambers espantaria o interesse dos soldados, no entanto, muitos deixavam os bordéis para ouvir atentamente as suas mensagens, principalmente os temas de Oração. A sua capelania foi forte e influente na vida daqueles soldados.

Enquanto ocorriam os bombardeios na Primeira Guerra, a saúde do capelão Oswald perdia a batalha para a Apendicite. Naquele cenário de morte e guerra, recusou o atendimento médico por muitos dias, preferindo que os soldados feridos fossem atendidos com primazia. No dia 15 de Novembro de 1917, o campeão da Vida Interior, falecia deixando as ovelhas de Cristo. O sepultamento ocorreu no Cairo com muitas honras militares.

Por oportuno, ressaltamos a importância significante do ministério de Jessie Penn-Lewis sobre a postura de Oswald Chambers.

"Sua cruz do Calvário é eminentemente de Deus. O esplêndido tesouro de dor, sua dor, foi incorporada a grandeza do poder de Deus. Seus livros [de Jessie Penn-Lewis] ensinam de forma clara e imponente que o Espírito testemunha na Bíblia e em nossos corações, a saber: (...) que 'o Caminho de Deus' contradiz o senso comum, e pela confiança implícita do Espírito Santo leva ao triunfo da ressurreição."


A sua esposa, Gertrudes "Biddy" Chambers, dedicou muitas décadas para compilar e editar os seus escritos, os transformando em livros que influenciariam muitas pessoas em todo o mundo.


Oswald Chambers
Oswald Chambers.
(1874-1917)
SUAS PALAVRAS:

"Se dermos mais importância às necessidades das pessoas, estaremos interpondo algo entre nós e o poder de Deus."
"Os adversários do cristianismo não são fracos. Eles podem perfeitamente ignorar-nos. Assim sendo, a primeira providência que temos de tomar é verificar que tipo de evangelho estamos pregando."
"Quando um crente começa a se tornar um show, está principiando a apostatar da fé."
"Na Bíblia não existe nenhum caso em que Deus procura atrair o apóstata do mesmo jeito que atrai o pecador."
"Não devemos ler a Bíblia com um espírito infantil. Deus quer que a leiamos como adultos, quero dizer, como homens e mulheres espirituais."
"Muita gente tem suspeitas carnais e as confunde com discernimento espiritual."
"Tem passado cinco minutos das suas vinte e quatro horas do dia lendo a Bíblia para saber o que ela diz? Não me espanta que Deus diga: O meu povo não entende."
"Quando temos dificuldades em orar é porque Satanás está saindo vitorioso."
"Nunca aceite nada que tenha sido dito ou escrito por alguém em algum livro, sem esperar e vigiar diante de Deus."
"A oração é simples para nós porque custou muito ao Senhor torná-la possível."
"Nossa tarefa não é tentar descobrir o problema; nossa tarefa é orar"
"Pare de orar por si mesmo e dedique-se aos outros como servo de Jesus."
"O silêncio de Deus é a prova de que Ele nos ouviu."
"Orar não é receber coisas de Deus. Essa é uma fase mais inicial; orar é entrar em comunhão perfeita com Deus: eu digo a Ele o que sei que Ele já sabe, para que possa saber como Ele sabe."
"Enquanto recebemos de Deus tudo o que lhe suplicamos, não chegamos a conhecê-Lo; olhamos para Ele como uma máquina de benção, o que não tem nada a ver com o caráter de Deus"
"O único Ser mentalmente sadio que já pisou na Terra foi Jesus Cristo"
"Tomemos cuidado para que, em nossa ânsia de fazer a vontade de Deus, não nos antecipemos a Ele."
"Muitos obreiros saem para o serviço cristão com grande coragem e nobres impulsos, mas, sem uma comunhão íntima com Jesus Cristo, dentro em pouco se acham esmagados."
"A tendência, hoje, é dar ênfase ao serviço. Tenhamos cuidado com pessoas que procuram aprovação com base na sua utilidade. Se fizermos da utilidade a base para a aprovação, então Jesus Cristo foi o maior fracasso de todos os tempos. O princípio orientador do cristão é o próprio Deus... O que vale realmente é o trabalho que Deus realiza através de nós, e não o que nós fazemos por Ele."
"A gente lê volumes e volumes sobre a obra do Espírito Santo e, no entanto, cinco minutos de obediência absoluta tornariam tudo claro como um raio de sol."
"É vergonhoso para o cristão falar em obter vitórias. O Vencedor deve ter-nos conquistado tão completamente que a vitória é sempre dEle, e nós mais que vendedores por meio dEle."
"Jesus Cristo veio para passar ao fio da espada toda paz que não brote de um relacionamento pessoal com Ele."


FONTE:

Livro: Tudo para Ele.
Autor: Oswald Chambers.
Editora: Betânia.
Páginas: 287.

Livro: Obreiros de Deus.
Autor: Oswald Chambers.
Editora: Betânia.
Páginas: 96.

Livro: Se Pedirem em Meu Nome.
Autor: Oswald Chambers.
Editora: Vida.
Páginas: 110.

Livro: Oração, um encontro com Deus.
Autor: Oswald Chambers.
Editora: Vida.
Páginas: 186.

Wikipedia, a enciclopédia livre.

Site: O Poder da Ressurreição - Biografias